Imprimir

20ª Pesquisa Abradee de Satisfação do Cliente Residencial



Pesquisa de Satisfação do Cliente Residencial Abradee completa 20 anos

e aponta evolução do setor ao longo do período

Levantamento revela crescimento gradual e sustentado no índice de satisfação com a qualidade percebida nos últimos 10 anos.

Brasília, 18 de julho de 2018-  De 20 anos para cá, muito mudou no cenário político e econômico do País, e não foi diferente no setor elétrico brasileiro. Tanto em relação ao mercado, quanto no aspecto regulatório, foram várias as reviravoltas, em especial, nesses últimos 4 anos. É neste contexto que a Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica (Abradee) completa a 20ª edição da Pesquisa de Satisfação do Cliente Residencial com um índice médio na última década de mais de 77% de consumidores satisfeitos ou muito satisfeitos com os serviços prestados. O dado positivo reflete a busca permanente das empresas pelo aprimoramento e boas práticas. Só em 2017, os investimentos no setor chegaram a R$16 bilhões.

O levantamento foi realizado pela Abradee por meio do renomado Instituto Innovare, no período de fevereiro a abril, com o apoio de 41 empresas de distribuição de energia elétrica associadas à entidade, que, em conjunto, atendem mais de 99% dos consumidores do País. Para a pesquisa foram entrevistados 23.600 consumidores, em 856 municípios distribuídos em todos os estados brasileiros, e também no Distrito Federal. Durante os 20 anos de pesquisa, foram realizadas cerca de 700.000 entrevistas com consumidores brasileiros.

Os dados apontam uma evolução gradual e sustentada em relação aos primeiros 10 anos do levantamento, quando a média foi de 73%. Além disso, a distribuição de energia elétrica lidera o ranking da mais recente Pesquisa CNI/ Ibope de Satisfação com os Serviços Públicos Brasileiros, superando em qualidade todos os outros serviços públicos oferecidos à população brasileira. 

ISQP- O percentual do Índice de Satisfação da Qualidade Percebida (ISQP) em 2018 foi de 76%, apontando uma leve queda de 0,8 pontos percentuais em relação ao ano anterior (considerando margem de erro de 1,3% para mais ou para menos e nível de confiança de 95,5%). Desde o ano de 2005, o levantamento aponta uma média sustentada de 77% de aprovação, com clientes satisfeitos ou muito satisfeitos com os serviços prestados pelas distribuidoras, inclusive destacando-se a migração massiva nos últimos 3 anos de clientes para os padrões satisfeitos e muito satisfeitos.

Para acesso à Apresentação da Coletiva, clique aqui.

Para acesso ao Release da Coletiva, clique aqui.