Imprimir

Campanha “Chega de Choque” visita 39 cidades

Iniciativa esclareceu dúvidas sobre segurança fazendo games, eventos e na rede mundial

 

São Leopoldo, 26 de março de 2018 – A RGE e RGE Sul fazem o balanço de um ano da campanha “Chega de Choque”, iniciativa do Grupo CPFL para que as pessoas e as empresas reforcem os cuidados com a saúde e segurança no trabalho. Em 2017 foram 43 mil inserções na mídia, mais de 220 mil acessos ao hotsite da campanha, 14 milhões de banners visualizados na rede mundial e 6 mil curtidas em um único post, além de mais de 30 mil folders distribuídos nas 39 cidades visitadas. Num total de 281 eventos, monitores da campanha realizaram um quiz interativo que envolveu 3.950 participantes e incentivou 74 mil pessoas a evitarem acidentes com energia elétrica.

 

O trabalho teve foco no engajamento das pessoas que atuam na área de construção civil e as empresas do segmento para reduzir os índices de acidentes com profissionais liberais. Pintores de fachadas, calheiros, colocadores de painéis, eletricistas particulares e trabalhadores da área rural. “Quem atua nestes segmentos está fisicamente envolvido com a energia elétrica de residências, estabelecimentos comerciais, industriais e rurais, por isso precisa ser atento e consciente de tudo que envolva a sua segurança”, destaca o gerente de Saúde e Segurança do Trabalho da CPFL Energia, Marcos Victor Lopes.

 

O alto número de acidentes com a rede elétrica envolvendo profissionais liberais e a população em geral é o que motiva a ação: De janeiro a abril de 2017 na área do Grupo CPFL que compreende 679 municípios (entre eles as 373 cidades da RGE e da RGE Sul) foram registrados 33 acidentes, sendo 13 fatais. Em 2016 ocorreram 50 casos, sendo 25 fatais.

 

No Brasil, segundo levantamento realizado pela Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade (Abracopel) foram registrados 1.319 acidentes com choque elétrico em 2016, sendo 45% fatais. Na busca incansável pela diminuição deste triste índice, a RGE e RGE Sul, bem como as demais empresas do Grupo CPFL, trabalham de forma permanente o tema da segurança com a população.

 

“Nossa iniciativa quer engajar a população na valorização da vida e a consequência disso é um trabalho mais seguro. O objetivo é que todos sigam as orientações e procurem informações sobre segurança porque não existe nada mais gratificante do que voltar para casa todos os dias com saúde e alegria”, diz o diretor de Comunicação e Relações Institucionais da CPFL Energia, Fabio Caldas.

 

Dicas de segurança da RGE e RGE Sul:

 

  • Ao construir ou reformar, nunca aproxime vergalhões, barras de ferro, réguas de alumínio, canos e outros materiais dos fios elétricos.

 

  • Fique longe da rede elétrica quando for fazer o serviço de pintura. O cabo extensor é condutor de energia e a sua aproximação dos fios causa graves acidentes.

 

  • Andaimes devem ser montados longe da rede de eletricidade. Reparos em lajes, telhados, 2º e 3º pavimentos oferecem ainda mais riscos. Redobre a atenção.

 

  • Fique sempre atento ao dirigir ou manobrar caminhões com betoneiras, caçambas ou guindastes perto dos cabos da rede elétrica.

 

  • Na dúvida, entre sempre em contato com um de nossos canais de atendimento (sites e call centers) e receba orientações para uma construção segura:

 

 

 

Sobre a RGE

 

A Rio Grande Energia (RGE) é a distribuidora de energia elétrica da região norte-nordeste do Estado do Rio Grande do Sul. Originada do modelo de concessão pública para distribuição de energia elétrica em 21 de outubro de 1997, a empresa atende 255 municípios gaúchos, o que representa 54% do total de municípios do Estado. 

 

A área de cobertura da RGE divide-se em duas grandes regionais: a Centro, com sede em Passo Fundo, e a Leste, com sede em Caxias do Sul. São 90.718 km² - 34% do território do Estado. Agrupadas, essas regiões apresentam um dos melhores índices sociais e econômicos do Brasil e também são as responsáveis pelo maior polo agrícola, pecuário, industrial e turístico do estado.

 

A RGE se orienta pela Gestão de Qualidade Total para atingir, cada vez mais, altos níveis de eficiência para seus consumidores sendo parceira dos municípios gaúchos no desenvolvimento econômico do RS dentro de sua área de concessão. Desde 2006 a RGE passou a fazer parte integralmente do grupo CPFL Energia, o maior grupo privado do setor elétrico brasileiro.

 

Sobre a RGE Sul

 

A RGE Sul Distribuidora de Energia S/A é uma das distribuidoras de energia elétrica do Grupo CPFL Energia no Rio Grande do Sul e tem atuação na Região Metropolitana, Centro e Leste do Rio Grande do Sul.

 

A concessionária atende a 1,3 milhão de clientes em 118 municípios gaúchos, tem 100 mil km² de área de abrangência e 65 mil Kms de rede de distribuição. A base de suas operações fica em São Leopoldo.

 

Sobre a CPFL Energia


A CPFL Energia, há 105 anos no setor elétrico, atua nos segmentos de distribuição, geração, comercialização e serviços. Desde janeiro de 2017, o Grupo faz parte da State Grid, estatal chinesa que é a segunda maior organização empresarial do mundo e a maior companhia de energia elétrica, atendendo 88% do território chinês e com operações na Itália, Austrália, Portugal, Filipinas e Hong Kong.

 

Com 14,3% de participação, a CPFL Energia é líder no mercado de distribuição, totalizando mais de 9,1 milhões de clientes em 679 cidades, entre os estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Paraná. Na comercialização, é uma das líderes no mercado livre, com participação de mercado de 14,1% na venda para consumidores finais. É líder na comercialização de energia incentivada para clientes livres entre as comercializadoras.

 

Na geração, é a terceira maior agente privada do País, com um portfólio baseado em fontes limpas e renováveis, como grandes hidrelétricas, usinas eólicas, térmicas a biomassa, Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCH) e usina solar. Considerando a participação acionária na CPFL Renováveis, maior empresa de geração da América Latina a partir de fontes alternativas de energia, a capacidade instalada do Grupo CPFL alcançou 3.283 MW, no final do terceiro trimestre de 2017.

 

A CPFL Energia possui ações listadas no Novo Mercado da BM&FBovespa e ADR Nível III na NYSE. Pelo 13°. ano consecutivo, as ações da companhia integram a carteira do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da BM&FBovespa. O Grupo também ocupa posição de destaque em arte e cultura, entre os maiores investidores brasileiros, por meio do Instituto CPFL.